109 capítulos
Medium 9788521630821

J

PIMENTA, Reinaldo LTC PDF

J

Jacuzzi

No início do século XX, o sr. e a sra. Jacuzzi moravam na Itália e já tinham gerado sete filhos e seis filhas. Decididos a partir para outra atividade, emigraram para os Estados Unidos e se estabeleceram na Califórnia. Ali os rapazes começaram a trabalhar em engenharia de aviação. O fracasso não demorou a chegar: em

1921, o primeiro monoplano Jacuzzi se espatifou em seu voo inaugural. “Mama

Jacuzzi” fez um escândalo à italiana e proibiu os filhos de continuarem a fazer seus aviõezinhos. Foram tão obedientes à “mama” – e ai do italiano que não o seja – que partiram para outra novidade bem afastada da aviação: inventaram e patentearam uma bomba de água para regar jardins.

Mais tarde, um dos Jacuzzinhos começou a padecer de artrite reumatoide (inflamações, deformações e dores nas articulações). Cândido Jacuzzi, um dos irmãos, desenvolveu então uma bomba portátil que provocava torvelinhos na água de uma banheira, gerando uma hidromassagem de efeito terapêutico para a doença do irmão.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485598

19 Dissertação

MEDEIROS, João Bosco Atlas PDF

19

Dissertação

1 Redação

1.1 Conceito de dissertação

Dissertar é apresentar ideias, analisá-las, é estabelecer um ponto de vista baseado em argumentos lógicos, é criar relações de causa e efeito. Aqui não basta expor, narrar ou descrever; é necessário explanar e explicar. É, pois, a dissertação um tipo de texto que analisa dados e os interpreta por meio de conceitos abstratos. O raciocínio é que deve imperar nesse tipo de redação comercial, e quanto maior a fundamentação argumentativa, mais consistente será o desempenho do redator.

A dissertação diferencia-se da descrição e da narração pelo fato de nestas duas últimas prevalecerem termos concretos, como pessoas e objetos. Acrescente-se que na dissertação não há progressão temporal nos enunciados. As relações entre os enunciados são lógicas, de causa e efeito.

Para maiores esclarecimentos sobre operações lógicas, examinem-se em seguida as operações mentais.

Para redigir de modo claro e ser capaz de comunicar algo, é indispensável disciplinar o pensamento. Reflita-se, por exemplo, sobre: 

Ver todos os capítulos
Medium 9788502051485

Capítulo XIX - I — GRANDEZA DE ÁTILA. II — CAUSA DO ASSENTAMENTO DOS BÁRBAROS. III — RAZÕES POR QUE O IMPÉRIO DO OCIDENTE FOI ABATIDO PRIMEIRO

Gonçalves Jr., Jerson Carneiro Editora Saraiva PDF

267

Capítulo XIX

I — GRANDEZA DE ÁTILA. II — CAUSA DO

ASSENTAMENTO DOS BÁRBAROS.

III — RAZÕES POR QUE O IMPÉRIO DO

OCIDENTE FOI ABATIDO PRIMEIRO475

1. A desgraça de Roma: segundo Pagãos e Cristãos476

Como, ao tempo em que o Império se enfraquecia, a Religião Cristã se afirmava, os Cristãos exprobavam aquela decadência aos pagãos, e estes pediam contas dela à Religião

Cristã.

475. O título do Capítulo está como no original. Para maior clareza, subdividimos o Capítulo em itens, com respectivos subtítulos.

Nesses atendemos ao título do próprio Capítulo. Linhas pontilhadas: v. Anexo. As notas de Montesquieu estão indicadas no texto alfabeticamente, e acham-se no Anexo.

Neste Capítulo e nas passagens de notas 13a, 108 e 241, Montesquieu exalta quatro inimigos dos Romanos: Tarqüínio, Aníbal,

Mitridates e Átila. Assim como exaltou ou ferreteou muitos Romanos.

No Capítulo XVIII, expôs Montesquieu já certo o aniquilamento de Roma, mercê da desestruturação interna. V. nota 454. No presente

Capítulo ele focaliza a contribuição das invasões dos Bárbaros, porém ressalta que o golpe de misericórdia estes o desfecharam foi por via interna, infiltrados no Estado romano (nota 487).

Ver todos os capítulos
Medium 9788522485598

9 Regulamento e Estatuto

MEDEIROS, João Bosco Atlas PDF

9

Regulamento e Estatuto

1 Redação

1.1 Regulamento

Regulamento é um conjunto de regras ou normas estabelecidas como necessárias a uma organização; é um regimento em que se determina o modo de direção, funcionamento e outras exigências de uma empresa, associação ou entidade, ou de um concurso.

REGULAMENTO INTERNO

DA GAIVOTA CELESTE & IRMÃOS LTDA.

1.  Do Regulamento e de sua aplicação

  1.1  A GAIVOTA CELESTE & IRMÃOS LTDA. institui o presente Regulamento Interno de Trabalho, que contém regras disciplinares que devem regular e orientar o desenvolvimento dos trabalhados de sua atividade comercial e conexas aos contratos de trabalho com seus empregados.

  1.2  Este Regulamento visa ao estabelecimento de uma forma única de disciplina interna, imprescindível ao desenvolvimento de um trabalho profícuo e satisfatório, além de ser elemento de equilíbrio social, benéfico a ambas as partes envolvidas no contrato de trabalho.

  1.3  Para a necessária compreensão e adaptação das regras contidas neste Regulamento, bem como para sua aplicação e cumprimento, a elas estão subordinados todos os que diretamente prestam serviços a esta empresa, podendo ser efetuadas alterações ou introduções por intermédio da Diretoria ou Gerência Administrativa, sem anuência dos empregados, mas com seu conhecimento.

Ver todos os capítulos
Medium 9788522481590

Parte I - 13 Formulários

MEDEIROS, João Bosco; HERNANDES, Sonia Atlas PDF

13

Formulários

1 Condições para que uma mensagem se torne informativa

As organizações só se tornam viáveis quando possuem meios apropriados para adquirir informações a respeito de si mesmas e de seu ambiente. E subsistem quando há comunicação interna e externa bem estabelecida. Suas finalidades e seus regulamentos são cumpridos à medida que processos eficazes de comunicação impulsionam-lhes o movimento na direção de metas específicas.

Para que uma mensagem se torne informativa, são necessários alguns requisitos: estar fisicamente ao alcance do receptor; ser compreensível para ele; poder ser por ele comprovada; ser de alguma utilidade para o receptor.

A informação é indispensável ao administrador como base para atingir metas e para que possa descobrir e definir áreas problemáticas que impedem a organização de atingir seus objetivos.

É por meio da informação que o administrador avalia desempenhos individuais ou coletivos, pois a eficiência do trabalho em grupo depende de informações que permitam fazer os ajustamentos necessários.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos