5328 capítulos
Medium 9788527732024

Parte 9 - Seção 20 | 63 - Anatomia da Mama

PEZZI, Lucia Helena Antunes; CORREIA, João Antonio Pereira; PRINZ, Rafael Augusto Dantas; NETO, Silvio Pessanha Guanabara Koogan PDF

63

Se­ção 20 | MAMA

Anatomia da Mama

Caso 63.1  Câncer de mama

Mulher, 53 anos, procurou ambulatório de ginecologia para rastreamento anual de câncer de mama.

Durante o exame físico foi palpado nódulo endurecido, em quadrante superior lateral de mama esquerda, indolor e medindo aproximadamente 0,5 cm. O exame axilar mostrou-se normal. A mamografia subsequente sugeriu degeneração maligna, motivando punção aspirativa por agulha fina (PAAF) e análise citopatológica. O exame confirmou suspeita de adenocarcinoma de mama. Como os exames de estadiamento evidenciaram tumor de pequenas proporções, sem expansão local ou metastática, foi indicada mastectomia total (Figuras 63.1.1 e 63.1.2), com sucesso.

A

B

C

D

Figura 63.1.1 Sequên­cia operatória da ressecção do tecido ma­mário e do complexo areolomamilar (A a D), caracterizando a mastectomia total.

Figura 63.1.2 Peça cirúrgica composta pelo parênquima mamário, contendo o nódulo tumoral, a aréola e o mamilo.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527732024

Parte 9 - Seção 19 | 62 - Órgãos Genitais Masculinos | Internos

PEZZI, Lucia Helena Antunes; CORREIA, João Antonio Pereira; PRINZ, Rafael Augusto Dantas; NETO, Silvio Pessanha Guanabara Koogan PDF

Órgãos Genitais Masculinos | Internos

62

Caso 62.1  Hiperplasia prostática benigna

Homem, 58 anos, procurou ambulatório de urologia queixando-se de alguns sintomas do trato urinário inferior (LUTS) como esforço para urinar, diminuição do jato urinário, intermitência miccional e urgência para urinar ocasional. Referiu início dos sintomas 6 meses antes, com piora progressiva. Ao toque retal verificou-se aumento do volume prostático, com características benignas (adenomatosas). Solicitada ultrassonografia prostática, por via abdominal, identificou-se bexiga de paredes espessadas (“bexiga de esforço”) e aumento do volume prostático com projeção intravesical (Figura 62.1.1). Em função de falha na farmacoterapia oral instituída, foi realizada ressecção transuretral (RTU) da próstata (Figura 62.1.2), sem intercorrências.

Bexiga

Bexiga

Próstata

Próstata

Coronal

Sagital

Figura 62.1.1 Ultrassonografia prostática, por via abdominal, em que se observa bexiga com paredes espessadas (setas amarelas) e projeção intravesical dos lobos prostáticos (setas brancas).

Ver todos os capítulos
Medium 9788527732024

Parte 9 - Seção 18 | 60 - Órgãos Genitais Masculinos | Externos

PEZZI, Lucia Helena Antunes; CORREIA, João Antonio Pereira; PRINZ, Rafael Augusto Dantas; NETO, Silvio Pessanha Guanabara Koogan PDF

Órgãos Genitais Masculinos | Externos

60

Caso 60.1  Disfunção erétil

Homem, 65 anos, empresário, casado há 40 anos, procurou consultório urológico queixando-se de disfunção erétil há 2 anos. Referiu evolução gradual do quadro andrológico iniciado com detumescência peniana pós-penetração até a condição atual. Alegou tabagismo de 2 maços de cigarros/dia há 45 anos, hipertensão arterial sistêmica, hipercolesterolemia, sedentarismo e diabetes melito. Ao exame físico apresentou abdome globoso, com circunferência abdominal exagerada, sem alterações genitais. Sem resposta a medicamentos orais e injetáveis, foi indicado implante de prótese peniana (Figuras 60.1.1 a 60.1.3), com resultados satisfatórios.

Figura 60.1.1 Material cirúrgico utilizado para dilatação dos corpos cavernosos para posterior implante das próteses penianas, conhecidas como velas de Hegar ou dilatadores de Brooks.

Observam-se calibres gradativamente crescentes desse material.

Figura 60.1.2 Imagem das próteses penianas do tipo semirrígido, que serão implantadas no paciente.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527732024

Parte 9 - Seção 17 | 57 - Anatomia Perineal

PEZZI, Lucia Helena Antunes; CORREIA, João Antonio Pereira; PRINZ, Rafael Augusto Dantas; NETO, Silvio Pessanha Guanabara Koogan PDF

57

Se­ção 17 | PELVE E PERÍNEO

Anatomia Perineal

Caso 57.1  Doença de Fournier

Homem, 69 anos, foi conduzido à cirurgia urológica de emergência. Diabético, encontrava-se internado para tratamento de pneumonia grave há 25 dias. Nas últimas 24 horas passou a apresentar febre alta, queda do estado geral, confusão mental e anorexia. Após exame físico minucioso detectou-se quadro sugestivo de gangrena de Fournier, motivando cirurgia de desbridamento perineal (Figura 57.1.1), no intuito de evitar septicemia.

A

B

Figura 57.1.1 Exame físico do paciente evidenciando região perineal acometida por gangrena de Fournier, antes

(A) e após (B) procedimento cirúrgico urológico de desbridamento.

Observa-se que o paciente também foi submetido a derivação urinária por meio de cistostomia suprapúbica

(B) para facilitar a cicatrização local.

Questões

A) O paciente apresentou grave comprometimento infeccioso do períneo. Defina períneo, mencionando seus limites anatômicos.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527732024

Parte 8 - Seção 16 | 56 - Glândula Suprarrenal

PEZZI, Lucia Helena Antunes; CORREIA, João Antonio Pereira; PRINZ, Rafael Augusto Dantas; NETO, Silvio Pessanha Guanabara Koogan PDF

56

Se­ção 16 | ABDOME

Glândula Suprarrenal

Caso 56.1  Síndrome de Cushing

Mulher, 27 anos, procurou médico endocrinologista queixando-se de “excesso de peso”. Referiu índice de massa corporal satisfatório desde a adolescência, porém, nos últimos 6 meses vem apresentando ganho ponderal significativo, com acúmulo adiposo exclusivamente centrípeto (tronco e pescoço). Ao exame físico foram observados face “de lua cheia”, estrias violáceas nas coxas, acne em grande quantidade, diminuição do volume mamário e aumento dos pelos corporais (hirsutismo). Após a história clínica e exame físico, a paciente foi submetida a TC, a qual revelou imagem sugestiva de adenoma suprarrenal direito

(Figura 56.1.1). Os exames séricos e urinários detectaram elevados níveis de cortisol. O teste de supressão com dexametasona confirmou suspeita de síndrome de Cushing.

Figura 56.1.1 TC abdominal com meio de contraste oral, em secção transversal, evidenciando aumento de volume da região suprarrenal direita (círculo), de baixa densidade, sugestivo de adenoma suprarrenal.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos